Pajozinhos

domingo, 17 de março de 2019

Presentes para o Dia do Pai #2
Esta semana dei algumas ideias do que comprar para o Dia do Pai (podem ver aqui).

Mas entretanto pensei que era boa ideia fazer algo mais pessoal. E decidi-me comemorar o Dia do Pai este fim-de-semana com uma atividade artística, já que durante a semana não seria possível.
Sendo assim, no sábado comprei os materiais e fizemos uma tela para o J. comemorar o Dia do Pai com a Bia. 

Encontrei esta ideia no Pinterest, e como o J. é fã do Homem-Aranha, achei que seria engraçado fazer esta tela.
Prenda Dia do Pai 2019



Não demorou muito tempo e, tendo em conta a minha falta de dotes artísticos, acho que até ficou bem. Sim porque o J. e a Bia contribuíram com as mãos e eu fiz o resto.
Apenas precisei de comprar a tela, tinta para tecido e um pincel (se moram por Lisboa, podem encontrar estes materiais na loja Artspot Lumiar - Belas Artes e Artes Decorativas).

Ah e outra coisa, a tinta que comprei é solúvel em água e por isso é super fácil de limpar. E eu sei porque foi testado nas nossas mãos, caras, paredes, cadeiras e no chão. Por isso acho que posso dizer que está comprovado que saí muito facilmente apenas passado um pano com água.

Acabou por ser um momento divertido, em família. Apesar de a Bia não gostar muito de sujar as mãos, até se divertiu com a tinta durante uns minutinhos. Mais não posso pedir, não é?😅


Para o caso de também quererem soltar a vossa veia artística, deixo aqui algumas ideias.
Batman, Homem-Aranha, Hulk e Capitão América - Pinterest
Batman, Homem-Aranha, Hulk e Capitão América - Pinterest

Super Homem - Pinterest
Super Homem - Pinterest

Pinterest
Pinterest

Always your Princess - Pinterest
Always your Princess - Pinterest

I love you to the moon and back! - Pinterest
Flash - Pinterest
Flash - Pinterest

segunda-feira, 11 de março de 2019

Presente para o Dia do Pai #1

Pois é, pois é! O Dia do Pai está a chegar, e se és como eu ainda não tens prenda. No meu caso são logo 2 prendas. Uma para o meu pai e outra para o pai da Bia 😅

Por isso venho dar uma ajudinha na vossa escolha enquanto me inspiro para escolher as prendar.
Perfume pure XS Night da Paco Rabanne - Sephora
Funko Pop Aquaman - Pop Addiction


Aparador corporal Philips Multigroom Series 5000 MG5730/18 - FNAC

 Porta-chaves - Mr. Wonderful
Smartwatch HUAWEI Watch 2 Sport Carbon Black - Worten

Sapatilhas Gazelle - Adidas

Super Pai | 245 Experiências à escolha - Odisseias
Baralho de cartas - Photosport

sexta-feira, 8 de março de 2019

Dia Internacional da Mulher, mas só para aquelas que ficam caladas
Hoje, dia 8 de Março, Dia Internacional da Mulher, abro o Facebook e qual é a primeira noticia que me aparece no ecrã?

"Miss Portuguesa perde direito ao título depois de apelar a ajuda humanitária na Venezuela" (Observador -  mais aqui)


E sabem que mais? Fizeram eles muito bem! Onde já se viu uma mulher ter opiniões? 
Ela que se fique pelo "Eu quero paz no mundo, que se encontre uma cura para todas as doenças e que todas as crianças do mundo sejam unicórnios".
Onde já se viu uma Miss usar a exposição publica que o "título" lhe dá para tentar chamar à atenção para a situação na Venezuela? Realmente, já não há respeito, dá-se títulos para isto.

Mas agora mais a serio, sendo hoje Dia da Mulher tenho curiosidade em ver ser as mesmas pessoas que tanto têm falado de discriminação também vão dar o mesmo "tempo de antena" a este assunto ou se não lhes interessa porque se tratar "apenas" de uma mulher bonita que perdeu o "título" de um concurso de beleza.
Mas na realidade não é apenas de perder o título que se trata, porque sinceramente se há coisa de que não sou fã é deste tipo de concursos, mas sim de uma mulher apenas poder ser "Miss Portugal" desde que fique caladinha no seu lugar apenas a ser bonita.
Trata-se de uma mulher que não pode ter opinião, e que quando a tem é punida por isso.

Ela iria representar Portugal no concurso "Miss Mundo" mas como demonstrou uma opinião, já não o vai fazer. E porquê? Porque assim provavelmente não irão votar nela? Só fica mal à Organização  deste concurso.
Acho irónico como todas as modelos no discurso que têm que fazer no concurso falem de como querem "melhorar o Mundo" mas quando uma delas fala de algo realmente concreto, é penalizada por isso.
Sim, é um concurso de beleza, mas então porquê têm o discurso? Desfilem só. Admitam que apenas se trata de beleza exterior e que não estão interessados no que têm para dizer.
No próximo concurso para "Miss Portugal" deveriam utilizar o seguinte slogan: "És bonita e não tens opinião? Vem ser a próxima 'Miss Portugal' " Assim já ninguém ia ao engano




sexta-feira, 22 de fevereiro de 2019

O que aprendi no curso de preparação para o parto #1


Durante a gravidez, fui aconselhada pela médica de família a fazer o curso de preparação para o parto.
Depois de alguma pesquisa, escolhemos o Centro Pré e Pós Parto em Entrecampos.

A verdade é que foi mesmo muito útil e senti-me muito mais preparada para ser mãe.
Ao contrário do que o nome indica, foram poucas as aulas que se focaram no parto em si. Falámos sempre se questões muito práticas e não havia "embelezamento" de nada.

Uma das coisas que mais me espantou no curso foi quando falámos de amamentação.
O medo é sempre o parto, mas na aulas fizeram questão de dizer que o "pior" pode vir depois, a amamentação. Nunca se fala das dificuldades da amamentação e por isso muitas mulheres não estão preparadas para as dificuldades que podem surgir. Fiquei espantada porque nunca tinha ouvido falar que amamentar fosse complicado. Parecia sempre muito natural e sem problemas.
A taxa de bebés que são amamentados reduz brutalmente após primeiro mês e muito se deve a este desconhecimento.

Penso que é importante sabermos isto antes de sermos mães, estarmos preparadas e acima de tudo sabermos que não estamos sozinhas, que acontece com mais pessoas e que não há problema.
No meu caso a amamentação não foi nada fácil (podem ver aqui o post em que falo sobre a minha experiência)  apesar de ter tentado de tudo. Até cheguei a ir a uma consulta de amamentação.  
Foi nesta consulta que percebi que não podemos colocar tanta pressão em cima de nós e que acima de tudo não podemos deixar que outras pessoas nos deixem em baixo. Lá porque temos dificuldade em amamentar, isso não faz de nós más mães ou piores que as outras. 

Somos mães, mas também somos mulheres, não é justa a pressão que temos em cima seja da parte de familiares ou médicos.
Amamentar é importante mas preservar a saúde mental também.

Na consulta de amamentação não havia o "tens que". Falámos sobre o que se estava a passar e quais a dificuldades, e a partir daí apareceram sugestões do que poderia fazer para melhorar.
No centro em que fiz a preparação para o parto, as consultas de amamentação até aos 6 meses são gratuitas para quem lá fez o curso e é um ótimo apoio.
Mas existem outros sítios que dão este tipo de consulta como a Amamentos por exemplo. 

Se tiverem com dificuldades e quiserem mesmo continuar a amamentar, procurem ajuda. Mas acima de tudo cuidem também de vocês. Esta deve ter sido a lição mais importante que aprendi no curso.

quarta-feira, 30 de janeiro de 2019

Bia vai a sítios #1
Nos últimos tempos, um dos tópicos abordados na escola a Bia têm sido os animais, e em especial os peixes. Por isso no fim-de-semana decidimos ir ao Oceanário de Lisboa. Já não ia lá há anos, penso que desde dos tempo de escola.

A visita demorou um pouco mais de 2 horas mas depende muito do tempo que quisermos aproveitar. No final já fizemos a visita mais rápido porque a Bia estava a ficar cansada e impaciente, visto que estava quase na hora da sesta dela. 
Mas deu tempo para ver tudo e ainda ficámos algum tempo sentados em frente ao aquário principal a observar.
A Bia adorou! É incrível ver como ela já se apercebe tão bem das coisas e a forma como reagia quando os peixes passavam à frente dela. 

Nesta fase penso que ainda é mais importante estimula-la, mostrar-lhe coisas novas sempre que possível, e o Oceanário é ótimo para isso. Ela ficou encantada, num constante modo de entusiasmado cada vez que via algo diferente. 

Sem duvida que será algo a repetir.























segunda-feira, 31 de dezembro de 2018

2018, ai 2018
2018 foi sem dúvida dos mais desafiantes de sempre.

2018 foi o ano em que, depois de 6 meses com a Bia a tempo inteiro, voltei ao trabalho. E admito que custou imenso. Por um lado foi bom voltar, ter uma vida para além da Bia, mas foi muito difícil conciliar o trabalho com a ansiedade de estar longe dela.

2018 foi o ano em que tive de confiar a Bia a desconhecidos para poder ir trabalhar. E acreditem que não foi nada fácil. Foram 3 creches diferentes, e o coração apertadinho cada vez que tinha que mudar de creche.

2018 não foi o ano em que descobri que tenho um grande homem a meu lado, porque isso eu já sabia, mas foi o ano em que que vi este grande homem tornar-se num grande pai.

2018 não foi nada fácil, mas não o trocava por nada. Foi o ano com mais descobertas, com mais desenvolvimento pessoal, com mais amor.
Não sou de fazer as famosas "resoluções de ano novo", até porque normalmente não são cumpridas, mas acho que é um bom momento para avaliar o ano que passou e o que quero para o futuro.
E é tão bom poder chegar a este dia, olhar para trás e pensar "o que posso pedir mais?".


quarta-feira, 21 de novembro de 2018

Músicas (pouco) infantis #1
Bom, desde que fui mãe tenho tido muito tempo para ouvir, e ouvir e tornar a ouvir músicas infantis 😅 Mas há algumas que não sei como se tornaram músicas infantis.

E neste caso nem vou falar de músicas recentes mas sim de músicas que eu ouvia e cantava em miúda.

Querem um exemplo? A musica "atirei o pau ao gato" começa com 

"Atirei o pau ao gato
Mas o gato não morreu
Dona Chica assustou-se
Com o Berro
Com o Berro
Que o gato deu, 
Miau!"


Mas quem é que se lembro que uma música em que se atira um pau a um gato é infantil? E pior é que me lembro de cantar isto a toda a hora. Mas também sei que na altura não lhe dei o significado que dou agora, era apenas uma música, não ligava à letra.

Depois também há a música "Quem quer casar com a carochinha" em que o refrão da música é "Quem quer, quem quer casar com a Carochinha? É muito rica, além de ser bonitinha!"
Mas que valores são estes? Podiam dizer que era simpatia ou inteligente, mas nao. É rica e bonitinha 🤔 Não percebo, não percebo!

Estas músicas resultam porque são rítmicas e as crianças adoram, por isso a letra podia ser qualquer coisa, mas não, tinha que ser uma coisa tão superficial

E sim, eu sei que todos ouvimos isto em crianças e não é por isso que batemos em animais e somos superficiais. Mas estas músicas estão muito presentes numa fase tão  importante de aprendizagem dos nosso filhos que se torna um pouco preocupante. 


Presentes para o Dia do Pai #2

Esta semana dei algumas ideias do que comprar para o Dia do Pai (podem ver aqui ). Mas entretanto pensei que era boa ideia fazer algo m...

@templatesyard